Home . O Projeto . Parceiros . Notícias . Na mídia . Foto e vídeos . Regulamento . Inscrições . Publicação . Depoimentos . Contatos . Artigos Acadêmicos

REGULAMENTO

Participe

VIII CONCURSO MODA INCLUSIVA


1. Da Apresentao

 

1.1 A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficincia SEDPcD torna pblica a abertura das inscries para o VIII Concurso Moda Inclusiva, de carter cultural.

1.2. A finalidade do VIII Concurso Moda Inclusiva promover importante debate sobre moda diferenciada, alm de incentivar o surgimento de novas solues e propostas em relao ao vesturio para as pessoas com deficincia.

 

2. Dos Participantes

 

2.1. Podero se inscrever no VIII Concurso Moda Inclusiva:.
a. Qualquer estudante matriculado em instituio de ensino superior, escola tcnica, alunos matriculados em cursos livres de qualquer cidade e pas;
b.  Profissionais na rea de Moda/Design de qualquer cidade e pas;
c.  Profissionais formados na rea da Sade de qualquer cidade e pas

2.2. vedada a participao de servidor, dirigente de rgo, entidade contratante ou responsvel pelo concurso

2.3. Os candidatos estrangeiros aprovados na pr-seleo devero procurar o Consulado do Brasil em seus pases para obterem informaes quanto a necessidade de vistos.

 

3. Das Inscries e Envio dos Trabalhos

 

3.1. Ao efetuar sua inscrio, o participante aceitar, automaticamente, todos os termos deste Regulamento.

3.2.  As inscries sero iniciadas no dia 07 de Maro de 2016 e se encerraro s 23h59 do dia 10 de Junho de 2016.

3.3. Para se inscrever, o participante dever preencher a ficha de inscrio disponvel exclusivamente no site http://modainclusiva.sedpcd.sp.gov.br no cone Inscrio 8 Concurso Moda Inclusiva Edio Internacional

3.4. Feita a inscrio, o participante receber via e-mail um nmero, que o identificar ao longo do concurso que lhe d o direito de propor at 3 Looks

3.5. Aps inscrito, o participante dever enviar seu(s) trabalho(s), em uma s remessa, na data do encerramento das inscries (dia 10 de Junho de 2016):

 

                        VIII Concurso Moda Inclusiva

            Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficincia
            Rua: Auro Soares de Moura Andrade, 564 Porto 10
            01156-001 Barra Funda So Paulo SP

 

3.5.1. Feito o encaminhamento do(s) trabalho(s) para o endereo citado no item 3.5, o participante, tambm, dever enviar o(s) trabalho(s) digitalizado(s), por e-mail, para o endereo: minclusiva@sedpcd.sp.gov.br

3.5.2. A inscrio s ser validada com o recebimento do(s) trabalho(s) no endereo citado no item 3.5 e no endereo de e-mail citado no subitem 3.5.1.

3.6. Para o envio dos trabalhos (looks), devem ser obedecidos os seguintes critrios:

3.6.1. Envio do desenho de cada look em folha de tamanho A4 na Ficha Croqui sem assinatura, com Ficha Tcnica de cada uma das peas que o compe e ficha de Inspirao/Painel de Tendncias (todos disponveis no site).

3.6.2. S sero aceitos os trabalhos em que as fichas, citadas no subitem 3.6.1, estiverem de acordo com formato/modelo disponvel no site.

3.6.3. O participante deve colocar o seu nmero, obtido na ocasio de sua inscrio, em cada uma das pginas, de forma claramente identificvel, condicionado em envelope lacrado, identificado na forma do subitem 3.5. acima.

3.6.4. Os custos de postagem sero de responsabilidade do participante.

3.6.5. O material enviado no ser devolvido.

3.6.6. O participante concorda em ceder integralmente os direitos patrimoniais relativos aos trabalhos inscritos no concurso ao Estado de So Paulo, que poder utiliz-los em carter de divulgao, como tambm em livros, apresentaes, site, ou quaisquer outros meios, desde que sempre citado o autor.

3.6.7. Entende-se como look a pea ou conjunto de peas inter-relacionadas, que integram a mesma proposta de vesturio diferenciado para as pessoas com deficincia.

3.6.8. O look apresentado no desfile dever ser deixado no local aps a apresentao com um responsvel da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficincia.

3.7. A falta de cumprimento de qualquer exigncia deste Regulamento acarretar na automtica desclassificao do look concorrente.

 

4. Da Avaliao

 

4.1. Ser constituda uma Comisso Julgadora para avaliar os trabalhos inscritos na fase de seleo.

4.2. Ser, ainda, constitudo um Corpo de Jurados para eleger dentre os trabalhos selecionados pela Comisso Julgadora, os vencedores. Ser vetada a participao, no Corpo de Jurados, de pessoas que possuam, com qualquer participante deste Concurso, vnculos da seguinte natureza: (i) cnjuge, parente, consanguneo ou afim, em linha reta, ou, na linha colateral at o 3 grau; (ii) amigo ntimo ou inimigo capital; (iii) credor ou/e devedor inclusive cnjuge ou de parentes em linha reta, ou, na linha colateral at 3 grau e (iv) herdeiro presuntivo, donatrio ou empregador.

4.3. Os critrios pelos quais os trabalhos sero avaliados so: (i) adequao ao tema; (ii) pesquisa, desenvolvimento e inovao; (iii) criatividade; (iv) estilo e linguagem de moda; e (v) ficha tcnica.

4.4. A Comisso Julgadora selecionar os 20 (vinte) melhores trabalhos, que participaro da segunda fase do concurso.

4.5.  Cada um dos vinte participantes selecionados receber 8 (oito) metros de tecido da Vicunha Txtil para confeco de suas peas, de acordo com a disponibilidade de catlogo.

4.6. No sero fornecidos materiais e/ou equipamentos aos participantes, correndo, ainda, por sua conta a confeco das peas de vesturio.

4.7.  Fica sob responsabilidade de cada participante finalista a apresentao do modelo que desfilar seu look(s) no dia do evento;

4.8. Os 20 (vinte) looks selecionados pela Comisso Julgadora sero apresentados ao Corpo de Jurados em desfile, que ser realizado em novembro de 2016, em dia e lugar a ser divulgado posteriormente.

4.9. No desfile, o Corpo de Jurados eleger os 3 (trs) melhores trabalhos, em ordem decrescente de pontuao, que faro jus premiao.

4.10. A Comisso Julgadora soberana, cabendo a resoluo dos casos omissos e ser constituda por 3 (trs) membros, sendo composta por: Cid Torquato Junior, Daniela Auler e Mario Queiroz.

4.11. Das decises da Comisso Julgadora, no caber qualquer recurso.

4.12. O Corpo de Jurados ser formado por 9 (nove) membros, sendo 01 (um) da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficincia e 8 (oito) da Sociedade Civil. A lista com os nomes do Corpo de Jurados ser oportunamente divulgada no site http://modainclusiva.sedpcd.sp.gov.br/.

4.13. O voto ser secreto.

 

5. Da Classificao

 

5.1. Todos os 20 (vinte) trabalhos escolhidos pela Comisso Julgadora recebero da SEDPcD um diploma de meno honrosa pela participao no concurso. Os trs primeiros colocados recebero, pelo menos, os seguintes:

 

5.1.1. 3 colocado:

a.           50 (cinquenta) metros de tecido de acordo com a disponibilidade de catlogo/estoque da Vicunha Txtil;

b.           Presente da marca Cia & Renata Bijoux, de acordo com a disponibilidade de catlogo;

c.            1 (uma) Item da marca Carolina Cury de acordo com disponibilidade de catlogo/estoque;

d.           1 (um) Book de tendncias da empresa Audaces;

e.           1 (uma) Mquina de costura (domstica) de acordo com disponibilidade de catlogo/estoque.

 

 

5.1.2.  2 colocado:

a.    80 (oitenta) metros de tecido de acordo com a disponibilidade de catlogo/estoque da Vicunha Txtil;

b.    Presente Cia & Renata Bijoux, de acordo com a disponibilidade de catlogo;

c.    1 (uma) Bolsa Carolina Cury de acordo com disponibilidade de catlogo/estoque;

d.    1 (um) Software Audaces Idea, juntamente com treinamento (EAD) de acordo com a disponibilidade de catlogo/estoque da Audades;

e.    1 (uma) Mquina de costura (domstica) de acordo com disponibilidade de catlogo/estoque.

 

5.1.3. 1 colocado:

  1. Estgio remunerado ou contrato temporrio de emprego (um salrio mnimo) de um ms na Vicunha Txtil, em perodo a ser definido;
  2. 150 (cento e cinquenta) metros de tecido de acordo com a disponibilidade de catlogo/estoque da Vicunha Txtil.
  3. 1 (um) software de Audaces ideia, juntamente com treinamento (EAD) de acordo com a disponibilidade de catlogo/estoque da Audades;
  4. Presente Cia & Renata Bijoux, de acordo com a disponibilidade de catlogo;
  5. 1 (uma) Bolsa Carolina Cury de acordo com disponibilidade de catlogo/estoque;
  6. 1 (uma) Mquina de costura (domstica) de acordo com disponibilidade de catlogo/estoque.

 

5.2. Os 3 primeiros classificados tero at o dia 20 de dezembro de 2016 para entrar em contato com os apoiadores por e-mail a ser divulgado oportunamente para retirada dos itens referente s honras.

 

6. Da Divulgao dos resultados

 

6.1. A divulgao dos 20 (vinte) finalistas se dar em agosto de 2016 nos sites:

 www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br e  http://modainclusiva.sedpcd.sp.gov.br

6.2. A divulgao dos 3 (trs) primeiros colocados se dar logo aps o desfile, durante o evento de apresentao dos looks.

 

7. Das Disposies finais

 

7.1. O presente regulamento encontra-se disponvel no site:

http://modainclusiva.sedpcd.sp.gov.br

 

7.2. Este concurso de cunho meramente cultural e artstico, no cabendo ao Estado qualquer nus relativo aos itens referentes s honras, com exceo ao diploma de meno honrosa pela participao no concurso. 

7.3. Participantes que promoverem qualquer tipo de fraude sero sumariamente eliminados do concurso, podendo ainda responder a eventuais aes judiciais cabveis.

7.4. Fica facultada iniciativa privada a oferta de honras, quer seja aos classificados ou aos finalistas, ou a ambos ou, ainda, a categorias especiais.

7.5. Os casos omissos sero decididos pela Coordenao Geral do Concurso e sua deciso ser inapelvel.

7.6. Para interpretao judicial do presente Regulamento prevalecer a verso original em portugus.

 

8. Da Legislao

 

8.1. Aplicam-se a este Regulamento s disposies da Lei n 8.666/93 e suas alteraes.

 


Barra de rodap da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com deificincia